[ editar artigo]

Meu milagre de 505 gramas, a prematuridade me ensina dia a pós dia.

Meu milagre de 505 gramas, a prematuridade me ensina dia a pós dia.

Me chamo faustiane e sempre tive um sonho de ser mãe, quando descobri que estava grávida meu corpo vibrou de alegria, curti cada detalhe e fazia muitos planos fotos gestante, chás de fraudas, etc.

Até que em um fim de semana acordei indisposta quando cheguei no hospital mais próximo de casa, recebi a notícia que estava com 3 centímetros de dilatação e estava sendo encaminhada pra um hospital de emergência em casos de prematuridade, meu chão abriu ali. Quando cheguei já estava com 5 centímetros de dilatação e só segurei ele por um dia, não dando tempo tomar as vacinas pra amadurecer o pulmão do bebê.

Kaic Emanuel, nasceu na sala de espera surpreendendo a todos que não acreditava que sobreviveria, nasceu chorando com muita vontade de viver.Quando fui velo na UTI neonatal pela primeira vez não tive coragem de olhar de perto, vi meu bebê tanto sonhado ali cheio de aparelhos, meu mundo desabou.

O primeiro mês foram muitas conquistas o bebê que tinha nascido de 505 gramas estava com mais de 1 kilo. Depois veio duas infecçoes e uma fungos onde ele ficou todo inchado, além da pneumonia e meningite, o desespero tomou conta de mim, no entanto minha família sempre apoiou e meu marido nunca me deixou só, passei 4 meses com ele na UTI neonatal, quando estava quase de alta a meningite evoluiu pra hidrocefalia, não sabia como falar pras pessoas que meu bebê tinha hidrocefalia. No terceiro mês colocou a DVP e no dia seguinte ele teve uma parada cardíaca sendo despertado a base de adrenalina. 

Graças a Deus teve uma excelente recuperação da dvp com um mês depois tivermos alta em março de 2020, hoje com 7 meses de nascido e 4 da idade corrigida, meu kaic Emanuel é um milagre, sempre tive em minha sala de aula alunos com deficiência, hoje eu sou mãe e aprendo todo dia um pouquinho seja com meu filho seja com outras mães e diversos profissionais. Cada dia uma conquista, cada dia uma vitória, cada dia um novo olhar. 

Mundo Adaptado
Faustiane Markielen
Faustiane Markielen Seguir

Sou mãe de um bebê prematuro, o kaic Emanuel que nasceu de 26 semanas com 505 gramas. Aprendi a ser mais forte, a ver o impossível acontecer, aprendi nas lágrimas nós sorrisos a vencer cada dia o seu dia na UTI neonatal.

Ler matéria completa
Indicados para você