[ editar artigo]

RECICLAR, CRIAR E ADAPTAR: UMA ESTRATÉGIA PEDAGÓGICA PARA TRABALHAR COM ALUNOS COM AUTISMO

RECICLAR, CRIAR E ADAPTAR: UMA ESTRATÉGIA PEDAGÓGICA PARA TRABALHAR COM ALUNOS COM AUTISMO

Proposta de trabalho pedagógico que tem como objetivos: explorar, estimular, reforçar, fortalecer a autonomia, autoestima e a aprendizagem.

A metodologia empregada para trabalhar com alunos com autismo no Atendimento Educacional Especializado (AEE) está articulada a utilização de materiais concretos diversos confeccionados com materiais reciclados que possibilita o aprendizado sobre o reaproveitamento para auxiliar em  ações para melhorar a qualidade do meio ambiente.  

Ações que possibilitam também, fortalecer o gosto, o prazer na busca de superar obstáculos, pois é verificado que essas propostas pedagógicas conseguem otimizar várias situações de aprendizagem. Materiais pedagógicos que são atraentes, pela cor, pela função investigativa, onde os alunos conseguem modificar e interagir, sentir e fortalecer as emoções, explorar os sentidos sensoriais com foco nas atividades propostas, e participarem diretamente de suas construções. A seguir exemplos de materiais que foram confeccionados junto com os alunos na escola, e atualmente alguns  estão sendo trabalhados em casa com as famílias no período de pandemia, devido a Covid (19),  tendo a oportunidade de fortalecer o aprendizado colaborativo e integrado com suas famílias por meio de atividades que envolvem o brincar e o brinquedo, fortalecido pelo respeito a diversidade.

Primeira parte: 

Esqueleto:

Criado a partir de garrafas plásticas de detergente que se tornam um objeto de estudo para aprimorar conhecimento sobre o corpo humano: ossos, articulações, membros superiores e inferiores, noções de medidas, tamanhos etc. Proposta de material pedagógico  que possibilita o aluno interagir de forma contextualizada escolhendo um nome para o mesmo, colocando acessórios diversos (boné, chapéu) criando como personagem e contando  histórias de forma oral   ou transcrevendo  para um papel com ilustrações ou modelando com massinhas.


Latas pedagógicas

Latas de batatas chips, encapadas com papeis coloridos, as tiras brancas que ficam em volta das latas são reutilizadas de banners, com escritas ou colagem de letras, desenhos ou números e sinais, revestidas com contact (plástico transparente) que são colocadas de forma giratória,  para que o aluno consiga girar as tiras por meio de movimentos com as mãos e dedo,  encaixando as letras para formar palavras, ou por meio de um desenho escrever o nome dos mesmos. Outra função ter espaços em brancos nas tiras para que os alunos possam preencher com canetas apagáveis utilizando uma esponjinha.

Lousa interativa

Lousinha feita a partir de uma placa de acrílico de propaganda ou papelão encapada com plástico acetato que serve para o aluno escrever e apagar com uma caneta apagável e uma esponja. Possibilita a interação com a escrita, fortalece a coordenação fina, a  expressão criativa, a contextualização de histórias por meio de desenhos etc.

Dados diversos

Dadinhos criados com canudos (rolo) de papel higiênico, onde é dividido o canudo em 03 partes e monta o dado por encaixes. Recurso utilizado para trabalhar com sinais diversos na matemática, como por exemplo: maior e menor, sinais das quatro operações, igual, vogais, consoantes, acentos e pontuações. 

Amarrar o tênis

Tênis criado a partir de uma caixa de leite, encapado com EVA coloridos e construído no modelo de um tênis, utilizando um cadarço de algodão. Recurso pedagógico que possibilita aos alunos interagir e desenvolver as habilidades de coordenação motora fina e grossa. Proposta que fortalece o aprendizado de dar nós, sentir a textura e ao mesmo tempo possibilita o brincar e interagir aprendendo.

Sussurrofone;

Recurso pedagógico adaptado de uma ideia pré - existente, com formato e tamanho de um telefone construído com curvas e pedaços de cano de PVC , verifica-se que esse  material auxilia o aluno com autismo a melhorar a atenção, foco na escuta e na dicção da oralidade com mais clareza, pois o som retorna  sem interferências ambientais para o seu entendimento.

Mundo Adaptado
Maria de Lourdes  Moraes Pezzuol
Maria de Lourdes Moraes Pezzuol Seguir

Professora da rede pública do estado de S.P, atua no Atendimento Educacional Especializado (AEE) para alunos com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Ler matéria completa
Indicados para você